Searching for you

Procurava por ti.. por todos os lugares em que havia uma pequenina probabilidade de passar o amor, dentre os bosques, montanhas, cidades, estados, até países.. assim nunca te encontrei. Tentei então te encontrar enganando ao acaso, como se nada quisesse ao passar por aquela ruazinha esquecida por todos.. mesmo assim não funcionou. Desisti de enganar ao acaso, e voltei a te procurar por horas e horas, dias e noites. Tanto nos dias tristes, chuvosos, quanto nos dias de raios de sol, por ti eu procurava. Procurei em todos os lugares novamente, pra ver se não tinha deixado nada passar. Nada. Comecei a procurar na fantasia: músicas, livros, obras.. alguns te descreviam, mas nunca me ensinavam como te achar. Essa era minha tristeza maior: saber que tu existias, em algum lugar, só não era ao meu lado. Mas sem hesitar, voltei a te procurar, desta vez nas pessoas mais próximas: nos abraços, sorrisos, olhares.. nenhum encantava tanto quanto tua descrição em livros, por isso não me deixava levar, continuava procurando. Ainda assim, não achava. Era como se estivesse em outro universo, totalmente desconectado do meu, pois nunca aparecia. Por todos os lugarem em que passeava o amor, eu já havia passado a te procurar. Desisti, que o amor me achasse, então.
Fiz planos, arrumei uma carreira, não encontrava mais sequer tempo pra pensar em ti. Fui contratada em um ótimo emprego, e parei completamente de me questionar sobre tua ausência. No dia seguinte, encontrei-te na fila em que pagava o cobrador dos ônibus. Tu usavas aquela roupa velha lá do fundo do armário, que guardava praqueles dias em que nada ia acontecer. Eu mal penteara o cabelo, pois estava atrasada para a minha agenda do dia. Entretanto, naquele instante sabíamos: havíamos achado o que sempre procurávamos.
Esse é o problema com contos de fadas. Eles fazem com que achemos que o amor é datado, e de tanto procurar, chegamos ao desapontamento. O que acontece, na verdade, é algumas pessoas acharem seus pares nos lugares mais não propícios, outras sequer acharem o par. Confesso, alguns conseguem seus contos de fada. Mas quer saber mesmo? O AMOR NÃO TEM HORA NEM LUGAR PRA ACONTECER.

Anúncios

Deixe um comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s