Smile, smile, smile.

Um dia destes me falaste “Nossa, és tão sorridente, tão feliz…”, e não tive resposta. Por que? Tudo que eu queria era que esta afirmação fosse correta. Queria estar sempre, todos os dias e momentos, feliz. Mas sabe o que? Talvez eu só tente te encantar com meu sorriso, talvez eu só queira parecer legal, simpática, uma boa candidata.. Talvez eu só seja feliz ao seu lado. O antes, o depois não sei, ainda não cheguei a resposta. Só sei que ao te ver, não faço nada, apenas sorrio. Talvez tu nunca saibas o que sinto, talvez eu nunca saiba o que sinto. Só sei que sorrio. E a fala se torna algo quase impossível, ao ver teus olhos olhando pra mim. Talvez eu te queira por um momento. Talvez eu te queira pra sempre. Nem sei se te quero. Só sei que a alegria me consome. O sentimento desconhecido, que ao não te ver parece não ser nada, sobe ao meu rosto e se escancara num sorriso. Mas nada sei, não sei o porquê, não sei não sei não sei. Só sei que sorrio, sorrio e sorrio!
Anúncios

Deixe um comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s