A língua portuguesa e as reformas..

Reformas ocorrem na nossa língua há muito tempo, na tentativa de igualar a escrita dos países com língua portuguesa. “No momento atual, o português é a única língua do mundo ocidental falada por mais de cem milhões de pessoas com duas ortografias oficiais (note-se que línguas como o inglês têm diferenças de ortografia pontuais mas não ortografias oficiais divergentes), situação a que o Acordo Ortográfico pretende pôr cobro.”
Sim, um assunto batido. Que todo mundo já comentou, que cada um tem uma opinião. Vim mostrar a minha também. Começando, espero que entendam que não sou contra a reforma ou seus motivos, mas contra ao método utilizado para implantá-la, ou seja, nada.
Foram arrancados alguns acentos e juntadas algumas palavras, mas ainda não houveram explicações ou fontes seguras que mostrem, exatamente, até onde nossa língua é afetada. Muitas palavras com hífen ainda tem destino incerto, pois ainda não se chegou ao consenso do que será feito, sem falar nas que já sofreram alterações mas não têm regras simples para que a população compreenda, ou seja, a língua se tornará, novamente, “uma decoreba” de palavras.
Estava falando com uma amiga (Marcela Celani) hoje pela manhã, e ela sequer sabia sobre a mudança na palavra “ideia”, que está dentro da principal nova regra. E nem estamos falando da classe baixa, mas dos favorecidos! Por que? Porque não há acessibilidade, apenas àqueles que realmente procuram pelas novas regras. E não deveria ser assim. Se o governo quer mudar nossa língua, deve expô-la claramente e a todos. Se alguém nessa classe não teve contato com as novas regras, suponho que as outras classes tenham tido menos contato ainda!..
Agora, o caso da trema. É especificamente sobre essa regra que não entrei em consenso com as outras pessoas, que ficaram maravilhadas de não ter mais que usar esses dois pontinhos nada respeitados! Já pensaste sobre a tarefa da trema? É ela que distingüe a pronúncia das palavras. Sabe como sua professora do primário te ensinou que em lingüíça você pronuncia o U e em querida não? Usando a trema! Já li comentários desesperados de professores que não sabiam mais que métodos utilizariam em tal explicação. Temo por esses professores e alunos..
Sabe o que acho que vai acontecer? Vai ser o caos! O Brasil vai continuar na moleza de sempre até 2011, mas quando as regras forem obrigatórias, os alunos vão protestar e acabarão decorando as regras pra fazer suas provas, pessoas da área de lingüística terão de arranjar métodos para se adaptar.. e o resto vai continuar no português antigo, como se nada tivesse acontecido. Como sempre foi e será nas reformas da língua.

Anúncios

Deixe um comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s